1. A Ciência na Contemporaneidade

1. A Ciência na Contemporaneidade

1. A Ciência na Contemporaneidade

1. A Ciência na Contemporaneidade

1. A CIÊNCIA NA CONTEMPORANEIDADE

Nesta categoria o aluno irá pouco a pouco adentrar à uma nova ciência, uma ciência contemporânea, uma ciência que propõe uma mudança de paradigma do pensamento e da consciência, uma integração conectiva de tudo e de todos. É uma categoria básica para adquirir este novo pensar, um pensar sistêmico congruente com os fenômenos das Constelações Familiares ou Constelações Sistêmicas.

  

1.1 - A interdependência entre o micro e o macro; uma co-criação da vida | GRATUITO

O vídeo propõe reflexões sobre o pensamento sistêmico, onde tudo está conectado, mostrando a nossa pequenez frente a grandeza do universo e da consciência maior.

 

1.2 - Introdução: objetivos e conteúdos do curso | GRATUITO

Visando dar ao aluno a informação de todo o conteúdo do curso em seu processo de aprendizagem, este vídeo traz os conteúdos abordados para os determinados objetivos propostos.

 

1.3 - A ciência contemporânea: uma ciência sistêmica

O que é sistema?  Como vivemos o pensamento sistêmico em nossas vidas?  Acreditamos realmente que estamos todos interligados?

 

1.4 - Interconexões: o padrão da vida - uma melodia vibrante

Baseado na metáfora da melodia quando observa-se que “a essência da melodia está nas relações” podemos observar que a vida também, se descobre nas suas conexões de vibração e frequência. Como estas conexões podem mudar?  O que realmente ocorre com as conexões tensas?

 

1.5 – O padrão de organização da vida na ciência sistêmica, o padrão rede

Uma das propriedades dos sistemas é seu padrão de organização e a vida se constitui em um padrão de organização, a conexão de tudo e todos constituído como padrão rede.  Este vídeo aborda as propriedades dos sistemas traçando um paralelo destas propriedades com as constelações familiares.

 

1.6 - Propriedades dos sistemas na autotranscendência | GRATUITO

Trazemos dentro de nós uma consciência moral que nos conduz, que concerne a inteligência espiritual segundo danah zohar.

 

1.7 - Concepção sistêmica da vida – conexões que se mostram na corporalidade

O paradoxo da aceitação mostra que, querer aceitar já evidencia a não aceitação e, a não aceitação é uma exclusão que o corpo mostra. É no corpo, tido como banco de dados, que temos a melhor bússola para o bom uso da sincronia entre a consciência pessoal e a consciência maior.

 

1.8 - A ciência das constelações familiares, uma ciência que transcende

As constelações familiares são a ciência do fenômeno: uma ciência que incide do olhar do observador. Observador e observação como um mesmo fenômeno.

 

 

 

 


  • Gratuito